No peer-to-peer lending temos várias vantagens, para investidores e tomadores, que tornam o modelo muito atraente - principalmente quando comparado com os modelos tradicionais.

Para tomadores:

Menor incidência de juros: como não há intermediação por parte de bancos, a taxa de juros é extremamente reduzida e contribui para melhorar o fluxo de caixa e facilitar o pagamento por parte dos tomadores;
Menos burocracia: com uma análise simplificada e usando tecnologia de ponta, as etapas burocráticas são deixadas de lado e as solicitações podem ser analisadas rapidamente;
Mais simplicidade e agilidade: como todo o processo é feito online, o tomador faz toda a solicitação, envio de documentos e pagamentos pela plataforma peer-to-peer, sem a necessidade de estar presente fisicamente para qualquer etapa do processo.

Para investidores:

Rentabilidade superior: se comparado aos investimentos tradicionais, como, por exemplo, a Poupança, o CDB e o Tesouro direto, o peer-to-peer lending oferece rentabilidades a partir de 15% ao ano;
Repagamentos mensais: outra vantagem do peer-to-peer são os repagamentos mensais. Neste modo, cada parcela do empréstimo paga pelo tomador é dividida entre os investidores com o juros do investimento aplicado. Ou seja, cada investidor recebe a sua parcela mensalmente e poderá fazer reinvestimentos em novas oportunidades ou transferir o dinheiro para sua conta bancária cadastrada;
Simplicidade: do mesmo modo que o processo é 100% online para os solicitantes de empréstimo, os investidores também fazem os investimentos pela plataforma, sem a necessidade de presença física ou assinatura de documentos em papel;
Transparência: os investidores contam com uma série de informações detalhadas sobre as empresas na plataforma, podendo, assim, escolher as melhores oportunidades, conforme seu perfil de investidor.
Este artigo foi útil?
Cancelar
Obrigado!