O que é um avalista?

Seguir

Trata-se da pessoa que aceita responsabilizar-se pela quitação de uma transação financeira, caso o solicitante não pague. O avalista costuma ser solicitado no caso de empréstimos e financiamentos.

Para a instituição ou financiadora, a figura do avalista garante que o crédito concedido será pago. Para quem pede um empréstimo, torna-se mais fácil de obtê-lo quando é apresentado um avalista.

Caso a pessoa não arque com as parcelas de um empréstimo ou financiamento o avalista deverá pagar. Mas é interessante saber que o avalista será cobrado pelo valor bruto da dívida, ou seja, não incide juros ou outras taxas.

Diferenças entre o avalista e o fiador

É muito comum que bancos e instituições financeiras peçam um avalista antes de liberar o crédito ao solicitante. O fiador, no entanto, é mais requisitado em transações imobiliárias, como acontece nos contratos de locação.

Ambos são responsáveis pelo pagamento de uma dívida não quitada. Porém, há algumas diferenças entre a figura do avalista e do fiador.

No caso do não pagamento de um financiamento bancário, por exemplo, por parte do solicitante, o avalista – se acionado – pagará pelo valor do crédito pedido. Aqui, não há obrigatoriedade de arcar com juros, multas e outras taxas.

Já o fiador será responsabilizado por todas as taxas que incidirem sobre uma dívida não honrada. No caso de uma locação, por exemplo, o fiador arcará com os valores dos aluguéis não pagos, juros, multa, multa por quebra de contrato, possíveis reparos que o imóvel exija, entre outras despesas.

Mais uma diferença entre os dois está na ordem de execução. No caso do fiador, este é acionado apenas quando muitas tentativas de acerto não têm sucesso.

O avalista é cobrado muito antes do fiador. Basta uma parcela não quitada de uma transação para que ele seja cobrado da dívida pelo credor.

Avalista das operações de crédito na IOUU

Na IOUU, utilizamos como garantia de algumas operações o avalista, que é aquele que assume a dívida e pode ser acionado diretamente pelos investidores em caso de inadimplência da empresa.

Idealmente é o sócio majoritário, porém, é possível ser solicitado que todos os sócios entrem como avalista da operação.

 

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 0 de 0

Comentários